top of page
  • Foto do escritorfrancisco borges

O que é inspeção veicular? Quando é necessário fazer?

A inspeção veicular é uma análise feita em veículos terrestres para checar sua conservação, manutenção, condições de rodagem nas vias e a quantidade de emissão de poluentes.

Quer entender um pouco mais sobre o termo, seus benefícios

e a importância de realizar tal procedimento? Então confira esse texto e tire suas dúvidas!

Está pensando em adquirir veículos para revender?

Lembre-se de consultar o histórico do veículo antes de efetuar a compra! Isso garante sua segurança na hora de negociar e traz mais tranquilidade no momento de regularizar a documentação.

Com as consultas veiculares você pode conseguir informações como:
  • Passagem por leilão;

  • Risco de comercialização e ou aceitação em seguros;

  • Restrições e impedimentos;

  • Gravame;

  • Histórico de roubo e furto;

  • Histórico de quilometragem;

  • Recall pendente.

O que é inspeção veicular?

A inspeção veicular consiste em uma série de testes com o carro, moto ou caminhão, dentro de diversos parâmetros, que garantem que eles estão aptos para rodar por vias públicas e privadas do país.

Essa inspeção só pode ser efetuada por um profissional credenciado pelo CREA (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia), que vai manusear equipamentos do veículo para verificar seu funcionamento correto, não só de acordo com a legislação do Brasil, como também com a ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) e o CONAMA (Conselho Nacional de Meio Ambiente).

Qual é o objetivo desse procedimento?

Há dois princípios básicos na inspeção veicular: reduzir o número de acidentes e mortes no trânsito (barrando veículos com problemas mecânicos das vias), e reduzir o índice de poluentes no meio ambiente, além dos ruídos dentro das cidades.

Isso significa que, cada vez mais, a legislação busca ter um trânsito mais seguro e sustentável, com mais formas de manter a segurança das pessoas e do meio ambiente.

Por que é importante fazer a inspeção?

Esse é um procedimento muito importante e que gera um custo-benefício interessante tanto para o vendedor quanto para o comprador.

Além de ajudar a reduzir cada vez mais o número de acidentes causados por veículos fora do estado de conservação ideal para rodagem e de ajudar na preservação do meio ambiente, a inspeção pode receber um caráter preventivo ou até mesmo ser um atestado informal de valorização.

Ao realizar a inspeção, você saberá em quais condições o veículo se encontra, se precisa ou não de manutenção, qual é o estado de conservação das peças e o quanto você deverá investir numa possível troca de componentes.

Como esse procedimento segue padrões rígidos e avalia uma série de peças, ela dá uma validação de segurança e bom estado do veículo em contexto geral, algo de extrema importância, principalmente se você pretende revendê-lo.

Como a inspeção é realizada?

Como já foi explicado, esse método tem dois princípios básicos. Por isso, cada um desses princípios segue uma diretriz específica.

Em relação ao bom funcionamento do veículo e seus componentes, quem define as normas é o Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN).

Já a parte técnica ambiental, que prioriza diretrizes de combate à poluição e preservação do meio ambiente, são permeadas pelas normas do Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA).

Porém, a responsabilidade de fiscalizar se essas normas são seguidas de forma correta durante a inspeção, é do Departamento Estadual de Trânsito (Detran).

É obrigatório?

Esse procedimento é obrigatório desde 2019, mas deve ser realizado de forma periódica. Ela deverá ser feita a cada dois anos, seguindo um cronograma específico do Detran e é requisito padrão para o licenciamento do veículo.

Veículos que passaram por processo de transferência ou tiveram o chassi e motor modificado, também precisam passar pela inspeção.

Estão livres da inspeção veicular carros, motos e caminhões, zero quilômetro ou com carroceria com assentos para sete pessoas e que não sofreram acidentes com danos de média e grande proporção. Nesse caso, a inspeção será feita após o terceiro ano de emplacamento.

Quanto custa esse serviço?

Os preços da inspeção veicular variam de estado para estado, com valores a partir de R$ 100,00, mas que podem até mesmo ultrapassar os R$ 200,00.

Qual é a diferença entre inspeção e vistoria veicular?

Apesar dos termos serem semelhantes, existe uma grande diferença entre inspeção e vistoria veicular.

A inspeção foca no estado de conservação das peças, bom funcionamento dos componentes e o controle da emissão de poluição.

Já a vistoria veicular trabalha mais no aspecto visual do veículo, sua adequação à legislação, além de checar itens de identificação, como pintura, numeração de chassi, entre outros, que precisam estar em conformidade com a documentação.

12 visualizações0 comentário

コメント


bottom of page